Princesa dos Campos diz que voltou “às atividades normais” no Vale do Ribeira

Princesa dos Campos diz que voltou “às atividades normais” no Vale do Ribeira

9 de setembro de 2019 0 Por José E. Sales

Segundo a empresa, uma “falha interna” fez com que as vistorias não fossem renovadas antes do vencimento junto à Artesp.


Por José Euvilásio Sales
esales@viarodoviaria.com.br


Nesta segunda-feira, a Princesa dos Campos se pronunciou a respeito da operação de suas linhas no Vale do Ribeira. A nota foi publicada no blog “Entre Amigos“, o blog institucional do site da empresa.

Segundo a Princesa dos Campos, devido a uma “falha interna”, a renovação da “Declaração de Vistoria” de alguns ônibus não foi feita com a necessária antecedência e os veículos acabaram constando como “vencidos” junto ao controle da Artesp, gestora do transporte intermunicipal fora de regiões metropolitanas no Estado de São Paulo. Com a vistoria vencida, os ônibus da Princesa foram autuados e impedidos de circular na fiscalização que o órgão fez nas Rodoviárias de Pariquera-Açu e Registro na última quinta-feira, 5 de setembro.

A Princesa dos Campos ainda informou que nesta segunda protocolou a documentação para a renovação das vistorias junto à Artesp. Com isso, a empresa diz que voltou “às atividades normais”, depois da Superintendência da Artesp ser informada do regularidade dos procedimentos.

De acordo com a Artesp, enquanto a Princesa dos Campos não estava operando, a Valle Sul foi designada para cobrir as linhas 7578 Registro x Eldorado, 9552 Registro-Pariquera-Açu, 8161 Registro-Cajati, 8162 Registro-Cajati e 8247 Sete Barras-Registro. Em sua nota, a Princesa dos Campos diz que conseguiu cobrir parcialmente a linha Registro-Cajati. Veja a nota completa da Princesa dos Campos clicando aqui.

“Declaração de Vistoria” – Na nota encaminhada ao Via Rodoviária, a Artesp diz que a “Declaração de Vistoria” é feita “de acordo com legislação para garantir a segurança do usuário do Sistema Intermunicipal de Transportes”. Ela é obtida através de vistorias anuais quando são averiguadas as condições necessárias de segurança e conforto, segundo a gestora. Além da Declaração, o veículo deve ter aprovação do Inmetro para acessibilidade. A “Declaração de Vistoria” é um dos documentos que deve estar sempre no interior do veículo, como tabelas horárias e preços das passagens.



Este site é o Via Rodoviária, informativo sobre transporte rodoviário de passageiros.
– se tiver fotos, vídeos ou informações, mande pra gente: 11 94040 3050, via Whatsapp ou Telegram. O número é só para texto. Não atenderemos ligações para o número ou chamadas de áudio pelo Whatsapp/Telegram (número compartilhado com o site Circular Avenidas)
– se preferir, mande um e-mail para esales@viarodoviaria.com.br;
– lembramos que não temos vínculo com nenhuma empresa ou gestora de sistema de transporte.

Siga o Via Rodoviária nas redes sociais:
– no Facebook: www.facebook.com/viarodoviaria
– no Twitter: twitter.com/viarodoviaria
– no Instagram: www.instagram.com/viarodoviaria