SPTrans impede a operação de linha executiva por aplicativos

De acordo com a SPTrans, o serviço é “clandestino”


Por José Euvilásio Sales
esales@viarodoviaria.com.br


Após duas apreensões feitas pela SPTrans (uma delas é a da foto que ilustra este post), a Metra, operadora das linhas do corredor metropolitano ABD, suspendeu a linha 376SBC São Bernardo do Campo/Term. Metrop. São Bernardo do Campo – São Paulo/Brooklin, cuja reserva de lugares era feita através do aplicativo Ubus, parceira do serviço “Metraclass”.

De acordo com nota da Coordenadoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, enviada ao Circular Avenidas, o serviço é considerado “clandestino”. O conteúdo completo da nota é o seguinte:

“A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) informa que o serviço UBus não está credenciado e, portanto, é clandestino. O credenciamento visa garantir a segurança dos munícipes e prevenir a ocorrência de acidentes.

Denúncias sobre o transporte irregular de passageiros podem ser realizadas pelo telefone 156, pelo aplicativo ou pelo portal sp156.prefeitura.sp.gov.br. É necessário informar o número da placa do veículo, o local e o horário da infração.”

Em sua defesa, o serviço Ubus respondeu a questionamento do “Diário do Transporte” dizendo que é uma plataforma que é uma “plataforma de tecnologia que faz a ponte entre passageiros e usuários do transporte público”. Ela completa dizendo que parceira deve ter “a concessão pública na área de transporte coletivo, bem como toda a documentação necessária para exercer a atividade”. A linha 376SBC é uma linha oficial, autorizada pela EMTU a operar no trecho, parte dele sobreposto à linha metropolitana de ônibus urbanos 376TRO Diadema/Terminal Diadema – São Paulo/Brooklin, da própria Metra.

Nesse embate de jurisdições, quem perde, como sempre, é o passageiro…


Este site é o Via Rodoviária, informativo sobre transporte rodoviário de passageiros.
– se tiver fotos, vídeos ou informações, mande pra gente: 11 94040 3050, via Whatsapp ou Telegram. O número é só para texto. Não atenderemos ligações para o número ou chamadas de áudio pelo Whatsapp/Telegram (número compartilhado com o site Circular Avenidas)
– se preferir, mande um e-mail para esales@viarodoviaria.com.br;
– lembramos que não temos vínculo com nenhuma empresa ou gestora de sistema de transporte.

Siga o Via Rodoviária nas redes sociais:
– no Facebook: www.facebook.com/viarodoviaria
– no Twitter: twitter.com/viarodoviaria
– no Instagram: www.instagram.com/viarodoviaria


 

José E. Sales

É blogueiro desde 2009, primeiramente no extinto “Linha Circular” e, agora, no “Circular Avenidas” e no "Via Rodoviária". É um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Também é estudante de jornalismo e quer se especializar na área de mobilidade urbana. Fale conosco: esales@viarodoviaria.com.br .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>